InícioInício  PortalPortal    Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  
Quer ter conta divina? Converse com algum membro da administração, simples e rápido.
Dúvidas? Veja o menu de links importantes à esquerda.
Ficha de Reclamação para Semideuses e Sistema de Legados.
Ficha de Coorte.





















Seis meses se passaram desde que "o acontecimento" perturbou a paz do Acampamento Júpiter. Um titã invadiu o lugar até antes chamado “seguro”, trazendo consigo uma série de acontecimentos de cunho inferior, porém de grande importância também. Campistas e mais campistas haviam sumido, e uma única hipótese cunhava as ideias dos pretores: eles haviam se aliado a Saturno. As notícias não eram boas... Fillipo já não dormia direito havia quase um mês. A preocupação o assaltava durante o dia, os pesadelos vinham durante a noite. O receio de não ser um bom líder e a ansiedade pelo que estava por vir eram constantes companheiros. Martin, seu namorado centurião e fiel escudeiro, o ajudava com planos de batalha e pesquisava feitiços e encantamentos incansavelmente... Julianne parecia um pouco avulsa a tudo. Mais dura, mais rígida e ao mesmo tempo mais sentimental, parecia não ter superado o fato de que seu ex-namorado Brandon ter mudado de lado, em favor dos titãs. A pretora talvez achasse que havia esperança para ele. Um sentimento tão profundo que talvez nem ela mesma soubesse, a despeito de ser uma filha de Vênus. Os treinos haviam sido dobrados... E os centuriões passavam a exigir mais dos campistas de sua Coorte. O ritmo era acelerado, mas depois de meio ano passado, todos já haviam se acostumado. Filhos de deuses ligados à magia – como Mercúrio, Trivia e Angita – e que tivessem determinadas habilidades eram reunidos praticamente todos os dias para juntos encontrarem defesas e ataques mágicos que fossem eficientes. Aqueles que podiam ver o futuro, o passado e o presente, em especial o Áugure, tentavam interpretar suas visões. A alegria da nomeação dos pretores e as festividades que ocorriam quase sempre pareceu esmorecer de repente. Já não se viam pessoas rindo nas ruas. Estas mesmas pessoas estavam com armas e artefatos, treinando suas capacidades físicas, treinando seus poderes... Treinando... Casais eram vistos sempre juntos, como se não tivessem tempo a perder com a guerra iminente. Em Nova Roma, a transformação era ainda maior que no Acampamento Júpiter. A cidade todos os dias acordava cedo e todos os ex-legionários eram chamados aos treinos diários. Centuriões estavam exigindo que mesmo aqueles que fossem muito jovens ou muito idosos treinassem três vezes por semana, para o caso de precisarem. Os romanos não reclamavam. Pelo contrário, se empenhavam para defender seu amado lar. Mas nenhuma mudança era maior do que a expressão das pessoas. Enquanto os prédios se mantinham no lugar, a arquitetura magnífica se mantinha e a cidade se preparava para a batalha, as pessoas se preparavam inconscientemente para perder muitos de seus amigos e familiares, mesmo com a vitória. A batalha não seria simples e os semideuses e legados sabiam muito bem disso. Um sorriso era algo incrivelmente raro de se ver. Entre os legionários, olheiras e cansaço eram visíveis e tangíveis o tempo todo. Aqueles que tinham habilidades singulares eram vistos ainda mais acabados, exauridos de suas forças para controlar cada vez mais seus poderes. Por vezes, os pretores davam a ordem de convocar a Fulminata no meio da madrugada para um simulação surpresa. “É necessário estar preparado para tudo.” Era a declaração deles. Os legionários sonolentos concordavam e treinavam. Logo a maioria estava se acostumando a dormir pouco para recuperar a energia. Aqueles que possuíam talento com ervas vendiam energéticos a preços altos, e o estoque se esgotava rapidamente. Até mesmo alguns centuriões aderiram às compras massivas de energéticos. Certas pessoas ganhavam dinheiro com a guerra. Nova Roma estava tensa com a guerra. Mas ainda assim, havia uma chama que não poderia ser apagada. Nova Roma tinha esperança. A XII Legião Fulminata sabia que tinha uma chance. Eram legionários, eram semideuses, eram legados. Eram romanos. E a chama que ardia em seu peito era a esperança...


















































O Camp Jupiter RPG é baseado na saga "Os Heróis do Olimpo", de Rick Riordan. O conteúdo vem em maior parte de Wikis tematizadas na saga citada; os sistemas, testes, fichas, concursos, e poderes & habilidades, são de autoria de R. Rinehardt (Júpiter), F. Segheto (Mercúrio) e J. Esteves (Vênus), co-fundadores do RPG. Plágio ou uso indevido das informações contidas neste RPG serão notificados à Forumeiros, que tomará as providências cabíveis.

Aproveitando este ensejo, agradecemos a todos que colaboraram e colaboram com o CJRPG, seja admnistrando, moderando ou apenas jogando conosco. O nosso muito obrigado!


Compartilhe | 
 

 [One-Post] Rumo ao Ótris.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Erik H. Gledson
Filhos de Júpiter
Filhos de Júpiter


Mensagens : 18
Data de inscrição : 17/11/2012

Perfil de Guerra
Vida:
430/430  (430/430)
Energia:
430/430  (430/430)
Armamentos e Itens:

MensagemAssunto: [One-Post] Rumo ao Ótris.   Seg Maio 20, 2013 12:33 am




O Monte Ótris e minha escolha





"No coração do inverno - a única folha no ramo luta contra o vento." (Stefan Theodoru)


Família: Refrigério


"Não nos importamos, Erik, amamos você", ela disse me tendo em seu colo, me abraçando como minha mãe jamais faria. "Você vai ser o filho que não pudemos ter, vai ser nosso motivo de orgulho".

Era minha tia, que podia não ser minha mãe biológica, mas se tornou a melhor mãe que eu poderia ter. Minha família era bem colocada socialmente, mas minha mãe era a ovelha negra. Quem era meu pai? Ela não sabia, foi alguém que esteve próximo algum tempo e a interessou - e por isso meu nascimento era uma afronta à família. Eu não podia contar com minha mãe para a vida, mas tive meus tios. Ser motivo de orgulho para eles tornou-se a razão da minha vida.

Ser o aluno nota 10 era complicado devido à dislexia a ao déficit de atenção, então decidi que daria tudo de mim nos esportes. Foi assim que descobri na Esgrima o meu maior talento, e foi assim que senti que poderia ser motivo de orgulho para aqueles que mereciam que eu os chamasse de mãe e pai. Nessa ânsia eu enchi meu quarto com medalhas, pôsteres de competição, alguns troféus. Talvez, nesse caminho, tenha me tornado um pouco egomaníaco... Mas meu amor por meus pais de criação continuava imensurável.




Influência


- Seus pais de criação ficariam orgulhosos se você ajudasse a conduzir uma revolução contra os deuses, não acha? Afinal, entenderiam os seus motivos para isso, apoiariam seu desejo de conduzi-los a uma nova Era Dourada.

Aquela voz... o lugar gélido e o trono de mármore negro... Estavam sendo coisas incomodamente constantes em meus sonhos. E vou contar o pior: eu estava lhe dando ouvidos, porque de fato concordava com aqueles ideais. Realmente concordava que os deuses não se importavam com seus filhos, principalmente porque eu sofria com isso até mais do que outros legionários; concordava que eles queriam nos mover sobre seu tabuleiro como meros peões. E os peões são os primeiros a ser sacrificados no jogo. Apenas peças que devem se mover conforme suas vontades. Se suas vontades conflitasse, nós que aturávamos também.

- Cara, você tá bem? Não tem dormido direito? - Brandon perguntou, depois de quase me decepar com sua espada em nosso treinamento. Ele me conhecia, sabia que um esgrimista como eu não estaria tão desatento durante uma luta.

Passei a mão pelo rosto, tentando me forçar a mante o foco naquele momento. - Eu tenho tido pesadelos ultimamente, isso tem me incomodado e afetado o desempenho no resto do dia. Viu meu quase tombo nos Jogos de Guerra ontem? Foi nisso que a IV Coorte conseguiu avançar para a fortaleza.

- Ainda bem que não sou apenas eu... - ele murmurou, baixando a lâmina de sua espada por um instante.

- Você também foi mal nos Jogos ou...

- Tenho tido pesadelos também. Acabo por me lembrar constantemente de um problema com a Julianne, e esses pesadelos parecem piorar as coisas.

Brandon, filho de Ceres da II Coorte e ex-centurião da mesma, era alguém que eu podia considerar um amigo desde meus primeiros meses no Acampamento Júpiter - desde que fomos obrigados a testar nossa confiança em um parceiro de equipe nos Jogos de Guerra sem que sequer nos conhecêssemos. Bem, os dois foram parar na enfermaria naquele dia, mas desde aquele dia soube que ele era confiável. E como meu amigo agora, sabia que podia contar-lhe dos sonhos que estava tendo... Podia dizer-lhe que estava a favor dos titãs se levantarem contra os deuses.

A surpresa é que, igualmente como eu, ele também estava com a mesma inclinação, também chamara a atenção de Crio de alguma forma para ser previamente convocado pelo próprio titã do frio e do gelo. Para ser sincero, fiquei feliz em saber disso. Estava com medo de tomar tal atitude sozinho, eu contra o Acampamento, e saber que teria alguém para contar naquela arriscada jornada era um ótimo começo.

Com um soco entre nossas mãos combinamos que estaríamos juntos nessa.



O Ótris


Ali estava eu, entre monstros que estavam apoiando o lado titânico, e na presença de outra deusa que optara pelo mesmo: Trivia. Graças a ela não precisei voltar ao Acampamento após a festa para buscar minhas coisas, e também graças a ela, o Monte Ótris estava em ótima ordem para receber a base de um exército.

Eu tentava parecer frio e não demonstrar nenhum medo, mas acho que a Deusa da Magia notava isso tudo apesar do meu esforço. Estar entre monstros que sempre tentaram acabar com minha vida antes também não ajudava nenhum pouco. Ser o único semideus entre eles, menos ainda. Esperava que Brandon ou Jasmine chegassem logo...

- Deixe suas preocupações, garoto, há muito a ser feito. Perceba que como um dos generais desse exército, não esperamos de você menos que perfeição na escolha que fez.

Mal, post lixo feito na pressa.
This isn't what Nands said @ TDN <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
[One-Post] Rumo ao Ótris.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» O começo da jornada, rumo aos meus sonhos!!!
» Correio – missão one-post mediana externa [Drake Stark]
» ๑۩۞۩๑ Simbolos para o chat ou post ๑۩۞۩๑
» ▬ O Item de Argos ▬ Missão One-post para Augusto Winehouse
» Lipstick battle[ Missão one-post para Hollister C. H.]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Camp Jupiter RPG :: Estados Unidos :: Califórnia :: San Francisco :: Monte Ótris-
Ir para: