InícioInício  PortalPortal  Ficha de Reclamação  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Quer ter conta divina? Converse com algum membro da administração, simples e rápido.
Dúvidas? Veja o menu de links importantes à esquerda.
Ficha de Reclamação para Semideuses e Sistema de Legados.
Ficha de Coorte.


É oficial, meus queridos. Estamos nos mudando. Depois de tanto tempo, e tão bons momentos de descontração, desenvolvimento e ótima jogabilidade, decidimos fechar o Camp Jupiter RPG.

Deixamos salvas aqui todas as fichas, missões, treinos e eventos para quem quiser as histórias dos seus personagens!

Contudo, ainda vamos continuar jogando!!! Nosso novo endereço é www.parthenosrpg.forumeiros.com, e quem tem conta aqui poderá recadastrar lá, mais informações no Parthenos RPG sobre o recadastramento. E que venha o novo fórum!

Aproveitando este ensejo, agradecemos a todos que colaboraram com o CJRPG, seja admnistrando, moderando ou apenas jogando conosco. O nosso muito obrigado!


Compartilhe | 
 

 [One-Post] Rumo ao Ótris.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Erik H. Gledson
Filhos de Júpiter
Filhos de Júpiter
avatar

Mensagens : 18
Data de inscrição : 18/11/2012

Perfil de Guerra
Vida:
430/430  (430/430)
Energia:
430/430  (430/430)
Armamentos e Itens:

MensagemAssunto: [One-Post] Rumo ao Ótris.   Seg Maio 20, 2013 1:33 am




O Monte Ótris e minha escolha





"No coração do inverno - a única folha no ramo luta contra o vento." (Stefan Theodoru)


Família: Refrigério


"Não nos importamos, Erik, amamos você", ela disse me tendo em seu colo, me abraçando como minha mãe jamais faria. "Você vai ser o filho que não pudemos ter, vai ser nosso motivo de orgulho".

Era minha tia, que podia não ser minha mãe biológica, mas se tornou a melhor mãe que eu poderia ter. Minha família era bem colocada socialmente, mas minha mãe era a ovelha negra. Quem era meu pai? Ela não sabia, foi alguém que esteve próximo algum tempo e a interessou - e por isso meu nascimento era uma afronta à família. Eu não podia contar com minha mãe para a vida, mas tive meus tios. Ser motivo de orgulho para eles tornou-se a razão da minha vida.

Ser o aluno nota 10 era complicado devido à dislexia a ao déficit de atenção, então decidi que daria tudo de mim nos esportes. Foi assim que descobri na Esgrima o meu maior talento, e foi assim que senti que poderia ser motivo de orgulho para aqueles que mereciam que eu os chamasse de mãe e pai. Nessa ânsia eu enchi meu quarto com medalhas, pôsteres de competição, alguns troféus. Talvez, nesse caminho, tenha me tornado um pouco egomaníaco... Mas meu amor por meus pais de criação continuava imensurável.




Influência


- Seus pais de criação ficariam orgulhosos se você ajudasse a conduzir uma revolução contra os deuses, não acha? Afinal, entenderiam os seus motivos para isso, apoiariam seu desejo de conduzi-los a uma nova Era Dourada.

Aquela voz... o lugar gélido e o trono de mármore negro... Estavam sendo coisas incomodamente constantes em meus sonhos. E vou contar o pior: eu estava lhe dando ouvidos, porque de fato concordava com aqueles ideais. Realmente concordava que os deuses não se importavam com seus filhos, principalmente porque eu sofria com isso até mais do que outros legionários; concordava que eles queriam nos mover sobre seu tabuleiro como meros peões. E os peões são os primeiros a ser sacrificados no jogo. Apenas peças que devem se mover conforme suas vontades. Se suas vontades conflitasse, nós que aturávamos também.

- Cara, você tá bem? Não tem dormido direito? - Brandon perguntou, depois de quase me decepar com sua espada em nosso treinamento. Ele me conhecia, sabia que um esgrimista como eu não estaria tão desatento durante uma luta.

Passei a mão pelo rosto, tentando me forçar a mante o foco naquele momento. - Eu tenho tido pesadelos ultimamente, isso tem me incomodado e afetado o desempenho no resto do dia. Viu meu quase tombo nos Jogos de Guerra ontem? Foi nisso que a IV Coorte conseguiu avançar para a fortaleza.

- Ainda bem que não sou apenas eu... - ele murmurou, baixando a lâmina de sua espada por um instante.

- Você também foi mal nos Jogos ou...

- Tenho tido pesadelos também. Acabo por me lembrar constantemente de um problema com a Julianne, e esses pesadelos parecem piorar as coisas.

Brandon, filho de Ceres da II Coorte e ex-centurião da mesma, era alguém que eu podia considerar um amigo desde meus primeiros meses no Acampamento Júpiter - desde que fomos obrigados a testar nossa confiança em um parceiro de equipe nos Jogos de Guerra sem que sequer nos conhecêssemos. Bem, os dois foram parar na enfermaria naquele dia, mas desde aquele dia soube que ele era confiável. E como meu amigo agora, sabia que podia contar-lhe dos sonhos que estava tendo... Podia dizer-lhe que estava a favor dos titãs se levantarem contra os deuses.

A surpresa é que, igualmente como eu, ele também estava com a mesma inclinação, também chamara a atenção de Crio de alguma forma para ser previamente convocado pelo próprio titã do frio e do gelo. Para ser sincero, fiquei feliz em saber disso. Estava com medo de tomar tal atitude sozinho, eu contra o Acampamento, e saber que teria alguém para contar naquela arriscada jornada era um ótimo começo.

Com um soco entre nossas mãos combinamos que estaríamos juntos nessa.



O Ótris


Ali estava eu, entre monstros que estavam apoiando o lado titânico, e na presença de outra deusa que optara pelo mesmo: Trivia. Graças a ela não precisei voltar ao Acampamento após a festa para buscar minhas coisas, e também graças a ela, o Monte Ótris estava em ótima ordem para receber a base de um exército.

Eu tentava parecer frio e não demonstrar nenhum medo, mas acho que a Deusa da Magia notava isso tudo apesar do meu esforço. Estar entre monstros que sempre tentaram acabar com minha vida antes também não ajudava nenhum pouco. Ser o único semideus entre eles, menos ainda. Esperava que Brandon ou Jasmine chegassem logo...

- Deixe suas preocupações, garoto, há muito a ser feito. Perceba que como um dos generais desse exército, não esperamos de você menos que perfeição na escolha que fez.

Mal, post lixo feito na pressa.
This isn't what Nands said @ TDN <3

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
[One-Post] Rumo ao Ótris.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» O começo da jornada, rumo aos meus sonhos!!!
» Correio – missão one-post mediana externa [Drake Stark]
» ๑۩۞۩๑ Simbolos para o chat ou post ๑۩۞۩๑
» Dúvida envolvendo sobrenomes e edições de post
» A Jasper's Tale - Rumo ao Platô!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Camp Jupiter RPG :: Califórnia :: San Francisco :: Monte Tamalpais Ótris-
Ir para: